wrapper

Com quase 300 milhões de usuários de internet, a América Latina tem hoje um número maior de pessoas online do que offline. A região é um dos locais do mundo em que o crescimento da população conectada se dá mais rápido. À medida em que mais pessoas entram na rede, aumenta a necessidade de adicionar capacidade à infraestrutura que mantém a internet funcionando, para que todos possam ter uma experiência online rápida, segura e útil. Por essa razão, estamos anunciando a construção de um cabo submarino de fibra ótica que irá conectar os Estados Unidos à América Latina.

Com mais de 10.000 quilômetros de extensão, o novo cabo conectará Boca Raton, na Flórida, Estados Unidos, a duas grandes cidades na costa do Brasil: Santos e Fortaleza. Esse novo cabo contribuirá significativamente com o crescimento econômico da região ao aumentar a capacidade existente. O sistema será construído e operado por um consórcio multinacional de empresas de tecnologia e telecomunicação formado por Algar Telecom (Brasil), Antel (Uruguai), Angola Cables e Google.

A internet e outros tipos de redes que permitem comunicações internacionais dependem de cabos submarinos para poder conectar os continentes. Todo ano, o Google faz grandes investimentos nos equipamentos necessários para oferecermos nossos serviços. Um estudo recente (disponível somente em inglês) mostra que as empresas de tecnologia digital, como o Google, investiram 100 bilhões de dólares na estrutura física que dá suporte à internet nos últimos três anos. Nosso primeiro investimento foi em 2008 no cabo UNITY, entre os Estados Unidos e o Japão. Em 2011, investimos em um sistema chamado SJC (South-East Asia Japan Cable) para estender o alcance do UNITY até Hong Kong e Cingapura. Em agosto deste ano, nós anunciamos o FASTER, um sistema conectando os EUA ao Japão. Hoje, o novo cabo se torna nosso primeiro investimento na América Latina.

Um novo cabo submarino internacional é um grande empreendimento, com um custo de dezenas de milhões de dólares para construir e, depois, para manter durante sua vida útil. Estamos animados de poder lançar e operar este cabo com empresas afins para servir os mercados emergentes da América Latina.

 

Fonte: Google Brasil / Cristian Ramos, gerente de parcerias de desenvolvimento de infraestrutura de internet para a América Latina

Comente usando sua conta de redes sociais, yahoo ou hotmail

Comentários | Compartilhamento | Redes Sociais

Possa lhe interessar

  • Prev

Sobre

O nosso projeto prima por colher e fornecer conteúdos oriundos de nosso bairro e adjacências de forma cooperada em mídias digitais.

Integrar comércio, serviços, distribuidores, consumidores, etc., de forma simples com fácil acesso aos usuários, dedicando e mantendo à confiança e credibilidade.