wrapper

Qualcomm, Facebook e outras empresas de tecnologia estão testando tecnologias que permite a smartphones usar seu rádio LTE para se conectar diretamente a outros dispositivos que estejam a até 500 metros de distância.

Um novo recurso que está sendo adicionado ao protocolo LTE usado por smartphones para se comunicar com as torres de celulares, fará com que seja possível ignorar completamente essas torres. Telefones serão capazes de "falar" diretamente para outros dispositivos móveis e sinalizadores colocados em lojas e outros estabelecimentos.

Conhecido como LTE direta, a tecnologia sem fio tem alcance de até 500 metros, muito mais do que qualquer um Wi-Fi ou Bluetooth. Ele está incluído na atualização ao padrão LTE prevista para aprovação este ano e dispositivos habilitados para LTE direta podem aparecer tão logo quanto no final de 2015.

A LTE direta foi lançada pela Qualcomm, que vem trabalhando na tecnologia há cerca de sete anos. Na conferência Uplinq da fabricante de chips para dispositivos móveis em São Francisco este mês, ele anunciou que está ajudando parceiros, incluindo Facebook e Yahoo a testar a tecnologia.

Os pesquisadores estão, por exemplo, testando a LTE direta como forma de permitir que smartphones encontrem automaticamente pessoas, empresas e outras informações próximas a ele. Alguns veem a tecnologia como um potencial novo canal de promoções ou publicidade dirigida.

Apesar de seu longo alcance, a LTE direta usa relativamente pouca energia, por isso, um telefone pode ficar constantemente à procura de dispositivos próximos, sem esgotar significativamente a vida útil de sua bateria. Um dispositivo com a LTE direta ativada pode encontrar outros telefones com a tecnologia ou se comunicar com sinalizadores - dispositivos fixos instalados em lojas ou integrados à infraestrutura de um aeroporto ou estação de trem.

"Você pode pensar na LTE direta como um sexto sentido que está sempre consciente do ambiente ao seu redor", disse Mahesh Makhijani, diretor de marketing técnico da Qualcomm, em uma sessão sobre a tecnologia. "O mundo ao seu redor é cheio de informações e o telefone pode usar isso para prever e para ajudá-lo no seu dia a dia".

Sinalizadores utilizam a LTE direta pode transmitir informações úteis, bem como ofertas especiais. Um sinalizador instalado na área de check-in de uma companhia aérea, por exemplo, pode oferecer informações sobre atrasos para as pessoas que estão por perto e que vão pegar o voo afetado.

Facebook está estudando como a tecnologia poderia ser usada com o seu aplicativo móvel. "LTE direta nos permitiria criar experiências de usuário a partir de interações casuais com uma loja local ou um amigo próximo", disse Jay Parikh, vice-presidente de engenharia de infraestrutura do Facebook. "Você pode descobrir sobre eventos ou gerar encontros ao acaso".

LTE direta pode ser usado da mesma forma que os iBeacons anunciados pela Apple no ano passado, que os varejistas, inclusive a Macy's estão testando como uma forma de acompanhar e se conectar com os dispositivos móveis de seus clientes. No entanto, os dispositivos iBeacon utilizam o protocolo Bluetooth, que tem um alcance muito menor e que nem todo mundo deixa ligado.

Yahoo também começou a desenvolver aplicativos que usam a LTE direta, diz Beverly Harrison, um pesquisador do Yahoo Labs. Um deles é uma espécie de guia turístico digital. Se você indicar ao aplicativo quanto tempo você tem sobrando, de 10 minutos a duas horas, ele irá sugerir uma rota passado nas proximidades de pontos de interesse, com base em informações on-line sobre os locais detectados usando LTE direta. Harrison diz que o Yahoo espera começar a testar o aplicativo em janeiro.

LTE direta também pode ajudar a suavizar as falhas de rede que ocorrem quando um grande número de usuários está tentando se conectar à mesma torre. R/GA, uma agência de publicidade em Nova York, cujos clientes incluem Nike e Beats, está desenhando um sistema que usaria a LTE direta para atender até um milhão de pessoas nas proximidades da Times Square na véspera de Ano Novo. Roman Kalantari, um diretor de criação da R/GA, diz que a LTE direta é a única tecnologia sem fio que poderia manter os dispositivos conectados sob tais condições.

RG/A e outra agência de publicidade, Control Group, também estão interessados em usar LTE direta para mostrar promoções direcionadas. Um smartphone pode usar LTE direta para indicar a lojas nas proximidades que tipos de alimentos ou produtos um cliente está interessado para que passa apresentar ofertas personalizadas, diz Kalantari. "A ideia de que cada varejista poderia estar observando a intenção de compra tem um valor extraordinário", diz ele.

Em teoria, a LTE direta pode ser usada para criar aplicativos de comunicação que direcionem todos os dados de dispositivo para dispositivo. Alguns aplicativos de bate-papo já podem usar Wi-Fi e Bluetooth para conectar-se a telefones próximos (veja “The Latest Chat App for iPhone Needs No Internet Connection”), mas LTE direta pode oferecer maior alcance e melhor desempenho. No entanto, as operadoras irão controlar quais dispositivos em suas redes poderão usar LTE direta porque ela usa o mesmo espectro de rádio que ligações de celulares convencionais. As operadoras sem fio podem até ganhar um novo fluxo de receitas de empresas que queiram oferecer serviços ou aplicativos à base da tecnologia, diz Qualcomm.

 

Fonte: MIT / TOM SIMONITE - ELISA MATTE

Comente usando sua conta de redes sociais, yahoo ou hotmail

Comentários | Compartilhamento | Redes Sociais

Possa lhe interessar

  • Prev

Sobre

O nosso projeto prima por colher e fornecer conteúdos oriundos de nosso bairro e adjacências de forma cooperada em mídias digitais.

Integrar comércio, serviços, distribuidores, consumidores, etc., de forma simples com fácil acesso aos usuários, dedicando e mantendo à confiança e credibilidade.