wrapper

Um primeiro passo em direção a um e-mail mais global

Um endereço de e-mail, seja nome.sobrenome@ ou algo mais expressivo como corgicrazy@, diz algo sobre quem você é. Mas, desde o princípio, os endereços de e-mail sempre exigiram o uso de caracteres latinos não acentuados no momento do registro. Menos da metade da população mundial tem uma língua nativa que utiliza o alfabeto latino. E ainda menos pessoas utilizam apenas as letras de A a Z. Então, se seu nome (ou o do seu animal de estimação preferido) contém caracteres acentuados (como "José" ou "João") ou é escrito com outro alfabeto como o chinês ou o devanágari, suas opções de endereço de e-mail são limitadas. 

Mas tudo isso pode mudar. Em 2012, uma organização chamada Internet Engineering Task Force (IETF) criou um novo padrão de e-mail que aceita endereços com caracteres acentuados ou não latinos e (por exemplo: 武@メール.グーグル). Para esse padrão se tornar uma realidade, todos os provedores de e-mail e páginas que pedirem seu e-mail devem adotá-lo. É claro que isso pode levar um bom tempo. A tecnologia está disponível, mas alguém precisa dar o primeiro passo. 

Hoje estamos prontos para ser esse alguém. A partir de agora, o Gmail (e, em breve, a Agenda) vão reconhecer endereços que contêm caracteres acentuados ou não latinos. Isso significa que os usuários do Gmail podem receber e enviar emails para pessoas que utilizam esses caracteres em seus endereços de e-mail. É claro, esse é apenas o primeiro passo e ainda há muito pela frente. No futuro, queremos utilizar esse recurso na criação de contas do Gmail. 

No mês passado, anunciamos a inclusão de 13 novos idiomas no Gmail. A língua não deve ser uma barreira para se conectar com outras pessoas e, com esse avanço, um e-mail mais global está ainda mais perto de se tornar realidade. 
 
Fonte: Google Brasil / Pedro Chaparro Monferrer
Comente usando sua conta de redes sociais, yahoo ou hotmail

Comentários | Compartilhamento | Redes Sociais

Possa lhe interessar

  • Prev

Sobre

O nosso projeto prima por colher e fornecer conteúdos oriundos de nosso bairro e adjacências de forma cooperada em mídias digitais.

Integrar comércio, serviços, distribuidores, consumidores, etc., de forma simples com fácil acesso aos usuários, dedicando e mantendo à confiança e credibilidade.