wrapper

O Governo do Estado inaugurou nesta quarta-feira (5/2) o Colégio Estadual Professor João Salim Miguel, em Bangu, na Zona Oeste do Rio. Foram investidos aproximadamente R$ 3,1 milhões na aquisição do imóvel e outros R$ 250 mil nas obras da unidade, que foram executadas pela Emop (Empresa de Obras Públicas do Estado). O prédio, que conta com nove salas com ar-condicionado, biblioteca, quadra de esporte, cozinha, refeitório e laboratório de informática, receberá 350 estudantes imediatamente e cerca de mil jovens até 2016.

A unidade – que compartilhava o prédio com o Município – agora passa a ter uma estrutura física própria e manterá o funcionamento em três turnos, sendo manhã e tarde para o Ensino Médio, e o turno da noite para a EJA (Educação de Jovens e Adultos). 

Durante a inauguração, o governador Sérgio Cabral ressaltou a importância do colégio na região, com instalações dignas para a população.

– Aqui, na Zona Oeste, nas escolas compartilhadas com o Município, a opção do aluno do Ensino Médio é estudar à noite. Estamos investindo para acabar com esta situação. Compramos o colégio, reformamos a biblioteca, o refeitório, e todas as salas têm ar-condicionado – disse o governador.

Para a diretora do colégio, Valéria Ribeiro, as novas instalações vão ajudar a proporcionar um ambiente de qualidade para professores e alunos.

– Está tudo novinho e moderno. Vamos ter a oportunidade de mostrar nosso serviço em um ambiente propício para professores e estudantes. O bairro estava precisando de uma escola assim. Hoje é um dia de muita alegria – afirmou Valéria.

Moradora de Bangu, a adolescente Rochelly Lemos, de 14 anos, vai cursar a 1ª série do Ensino Médio na unidade e elogiou a estrutura do novo colégio, em especial a biblioteca.

– Gostei muito da biblioteca, que tem uma boa variedade de obras. Como adoro ler, com certeza vou aproveitar muito este acervo. Além disto, fiquei muito feliz com o fato de as salas de aula terem ar-condicionado. Faz muito calor em Bangu e, sem o aparelho, o rendimento dos professores e alunos ficaria muito prejudicado – disse a jovem.

 

Fonte: Gov. RJ / Esther Medina

Comente usando sua conta de redes sociais, yahoo ou hotmail

Comentários | Compartilhamento | Redes Sociais

Possa lhe interessar

  • Prev

Sobre

O nosso projeto prima por colher e fornecer conteúdos oriundos de nosso bairro e adjacências de forma cooperada em mídias digitais.

Integrar comércio, serviços, distribuidores, consumidores, etc., de forma simples com fácil acesso aos usuários, dedicando e mantendo à confiança e credibilidade.