wrapper

 
Trabalhador pode consultar FGTS dos últimos 25 anos pela internet. Novo serviço de consulta da Caixa permite ao trabalhador gerar extratos da conta vinculada do Fundo de Garantia. Antes, pela internet, só podia obter os últimos seis registros

A Caixa Econômica Federal lançou nova opção para gerar e visualizar extratos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). A nova ferramenta permite consultar, pela internet, o extrato dos lançamentos dos últimos 25 anos, ocorridos após a centralização das contas do FGTS no banco, ou seja, desde início dos anos 1990. Antes, o trabalhador podia obter, pela internet, apenas os últimos seis registros. O serviço eletrônico “Extrato Completo” já está disponível nos endereços eletrônicos da Caixa e do FGTS.  

O trabalhador deverá cadastrar senha para acessos às informações, informando seu PIS e aceitando o “Termo de Cadastramento”. Além do extrato completo, o internauta encontrará os serviços como atualização de endereço, extrato por e-mail e serviços no celular.  

Segundo o gerente nacional do FGTS da Caixa, Henrique José Santana, esse novo serviço faz parte do conjunto de medidas, que estão sendo disponibilizados pelo banco, com uso simplificado e efetivo dos canais eletrônicos, tais como internet e celular, com o objetivo de favorecer a atuação do trabalhador no acompanhamento e na fiscalização de sua própria conta do Fundo de Garantia. “Estimamos que deverão ocorrer mais de 2 milhões de acessos ao novo serviço até o final 2013”, afirma.  

Os atendimentos às solicitações dos trabalhadores já são realizados pelos diversos canais próprios e de parceiros contratados pela Caixa. Nos últimos 12 meses, mais de 25 milhões de trabalhadores acessaram os serviços eletrônicos do FGTS, e o banco enviou mais de 300 milhões de extratos, diretamente para as residências desses clientes, além de disponibilizar consulta do saldo nos terminais de autoatendimento e enviar mais de 50 milhões de mensagens eletrônicas para o telefone indicado pelo trabalhador.  

Serviços no celular

Ao optar pelo serviço de mensagens no celular, o trabalhador recebe, gratuitamente, informações da conta vinculada ao FGTS, como o valor do depósito mensal feito pelo empregador, o saldo atualizado com juros e correções monetárias, a liberação de saque e outras movimentações.

São enviadas duas mensagens por mês: uma referente ao recolhimento regular e outra referente ao crédito de Juros e Atualização Monetária (JAM). A adesão a esse serviço inibe a geração de extrato bimestral do FGTS, contribuindo para a preservação do meio ambiente e redução do consumo de papel.

 

Fonte: Portal Brasil

Comente usando sua conta de redes sociais, yahoo ou hotmail

Comentários | Compartilhamento | Redes Sociais

Possa lhe interessar

  • Prev

Sobre

O nosso projeto prima por colher e fornecer conteúdos oriundos de nosso bairro e adjacências de forma cooperada em mídias digitais.

Integrar comércio, serviços, distribuidores, consumidores, etc., de forma simples com fácil acesso aos usuários, dedicando e mantendo à confiança e credibilidade.